19.10.15

onde não cabe título nem afeto

a única oração em que acredito:
c-oração.

-

água viva em pedra morta
tanto bate até que ressuscita.

-

tudo ressuscitas quando recitas
e eu morro um pouco
sempre mais

-

sozinha sou mais forte
sumindo me encontro
te carrego trôpego nos meus desencontros.
saudade é ferida encarnada no peito.

-

qual o aroma da tua pele
à flor da pele
em flor?